Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CINQUENTÃO E O GAROTO EXPERIMENTEI DAR DE 4

Este é a terceira vez que escrevo para vocês contando minhas aventuras.

Quem leu os outros dois contos sabe que acabei sendo traído pelo tesão e passei a dar para meu garoto. Estamos vinvendo isso a meses de pelo menos três veze por semana nos encontramos e deixamos nos levar pelo sexo.

Depois que ele me fez descobrir o tesão que sinto quando sou tocado e chupado nos peitos, ele teve total domínio sobre meu cu pois fico louco para ser enrabado quando ele faz isso. Teve um dia que estávamos deitados, fazendo um 69 e como sempre cheios de tesão, ele gozou na minha boca e eu fiquei sugando cada gotinha, lambendo seu pau e sugando devagar até que foi ficando mole, engoli todo seu gozo, gosto de ser fodido na boca gosto quando ele goza na minha boca como se fosse uma boceta ou um cu. Ele parou de me chupar e eu fiquei ainda com tesão. fiquei tentando fazer ele voltar a ficar de pau duro. Ter 19 anos tem essa vantagem o pau tá sempre duro e logo ele estava me chupando os peitos e dizendo que queria meu cu, que queria gozar dentro de mim e fazer com bem força, queria que eu gemesse de dor. Aquilo me deu um puta tesão ao mesmo tempo que temi pelo fato daquele pau grande me comer com força. Fiquei de 4 e pela primeira vez ia ser enrabado naquela posição, pedi para ele me excitar, lamber meu cu e chupar e apertar meus peitos. Ele fez gostoso e de quebrar me chupou um pouco pois adora chupar meu pau. Continuava de 4 e ele foi para tras de mim de lambeu e chupou e cuspiu no meu cu que já piscava querendo seu pau todo dentro. Ele começou a meter e por mais que você dê muito o cu, sempre doi quando estamos sendo penetrados. Ele foi enfiando e pegando no meu pau, dar o cu de 4 doi muito, mas eu queria e estava com tesão, definitivamente gosto de dar o cu. depois que meu cu recebeu seu pau ele começou a bombar, segurando nos meus quadris e enfiando com força, fazia barulho e meu corpo balançava de tanto que ele empurrava, doia muito, doia demais e ele me xingava de viado e dizia que queria me ouvir pedir arrego. Eu dizia que doia demais, que ele estava acabando de me esfolar de vez, mas que não ia desistir porque gostava de ser enrabado e queria era mais. ele fez com mais força e não tive como não gemer de xingar ele dizendo que ele tava me rasgando, que meu cu estava fervendo mas que queria e queria muito que ele continuasse até me encher com sua porra deliciosa. Finalmente ele gozou e enquanto gozava me empurrou com força e acabei deitando, o pau dele entrou de vez com o peso de seu corpo e eu fui à lua e voltei de tanta dor, apesar de já estar dando meu cu a meses nunca tinha sentido tanta dor. Fiquei deitado com ele em cima de mim ofegante e cansado, até que seu pau foi ficando mole e saindo de dentro de mim. ELe começou a dizer que tinha sido a foda mais gostosa que ele tinha dado comigo e que ia querer mais assim que descansasse. Senti sua mão na minha bunda e em seguida no meu cu que parecia estar em brasa. Ele olhou e falu que estava super aberto e começou a enfiar um, depois dois e depois quatro dedos de tão arrombado que eu estava. Sá que não aguentei e pedi que ele tirasse os dedos. Ele começou a lamber meu cu e sua porra que estava começando a sair. lambeu por um bom tempo e deitou ao meu lado, quando me mechi vi que estava melado de porra, foi quando percebi que eu havia gozado com aquela enrabada tão dolorida. Foi quando pensei que se eu havia gozado naquela foda é porque realmente eu gostava de ser fodido. Depois de algum tempo ele me chupou o pau e me fez gozar na sua boca. Enquanto descansava ele me virou de bruços e deitou em cima de mim. Falou que queria que outro dia eu mesmo me enrabasse sentando no pau dele até o fundo. Falei que com certeza não seria naquele momento pois estava com o cu acabado. Ele disse que eu relaxasse pois seria sá outro dia e voltou a me comer, so que deitado em cima de mim. Senti seu pau novamente entrando por meu cu adentro, mas como ja´estava mesmo arreganhado foi um penetração mais fácil. Como já havia gozado três vezes ele demorou pra gozar desta vez deforma que maltratou mais ainda meu cuzinho e eu voltei a gozar no meu cu e ser mais uma vez enchido de porra. Ele voltou a me lamber o cu e a chupar sua prápria porra. Pediu que eu limpasse seu pau com minha boca e assim ficamos por mais um tempo. Foi um dia de muito gozo e de cuzinho dolorido e quente. No dia seguinte não dei para ele pois não aguentei quando ele tentou e acabou que aconteceu algo muito, muito gostoso.

Vou contar de uma práxima vez.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico pai do meu amigo comendo o c******desenho de deus contos eróticoscontos erotico o amigo pintudo do maridocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteComi minha prima safadinha contona festa um travesti enrabiu minha esposinha echupei opau com porraConto erotico orgis sogra veiameu patrao me comeu na base da chantagemConto os seios de minha maeconto erótico de corno chupador de arrombadaHistórias eroticas casais ajudando mendigo pintudogritando e pedindo pra nao botar pois doi pra nao perde o cabacoMeu irmaozinho caçula me te penetroucontos eróticos cunhadinhas safadas com fotoscontos marido e esposa dando cu p negro dotadoconto chorei mas aguentei a pica do meu patrasdoContos eroticos de solteiras rabudasContos eróticos cearácontos erotico fui concertar s torneira da vizinhaContos com cu de idosasscontos eroticos de tio fodendo o cu e a bosetinha da sobrinhacontos eroticos punheta no.onibusver contos eroticos dando o cu no onibusnovos contos eróticos entre namorados dpcontos eroticos de meninos que tiveram a bunda errombada pelos amigos na infancia.contos eroticos escorrendo porra no cuContos dei o cuzinho virgem para o molequeContos-fiz minha esposa chupar minha sogracomtos arrobadaela me endinou a roçar grelo com gtelo/contoporno filadaputa faz devagar o teu pau é muito grande contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotco tirando caboso do filhome fode gostoso contosContos de crentes sendo aronbadascontoseroticos odiava ele mas dei a bucetacontos eroticos de marido melher cunhadinha e a primaConto dei o cu no cine repúblicaGay mamando na pirroc do primoconto erotico gay no nordestemulhe dane a buseta a primeira vezcontos gay fotos hetero nao agunto e.deu rabinnho virgemcontos eróticos mulheres p****conto erótico -- brincando com os meninos na construçãovideo de sexo sogra provoca o genro do lado da mulher.e se da malbaba dano para 2homenscontoseroticos odiava ele mas dei a bucetacontos eroticos arrombando a gordaContos eroticos menininhaconto erotico dark room swingconto viadinho branquinhocontos eroticos pai estupra filha com amigoscontos erótico ginecoligista e novinhacontos trai meu marido com um poneinovinha 17aninhos dando pro negao perdendo cabacocontos eroticos chamou minha mulher de puta e eu de cornoconto dpDois na Frente, Um Atrás casa dos contosmeu filho meteu no meu cu ardeu muitoprovoquei meu pai e levei no cuzinho contoconto vendo cunhada casada peladinhacontos eroticos foderam minha mulhercontos de incestos gravidas casadascontos sexo intimidades entre casaisconto minha mostroucache:b0LVhW2lUCMJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=22 conto d patricinha c o borrscheirocontos verdadeiros narrados por mulheres encoxadas,sexo com animaisnão sou gay contos eróticosas novinha gostosinha dando a b******** sendo engravidado tomando vinhotrai com o chefe conto eroticoconto erotico gay entre pai e filhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentever dvd porno homems chupa bucetas de baicho da mesa tira calcinha do ladovelhas gordas de 90kg nuasmeu sobrinho pau contosIncestoconto.meninascontos eroticos de cornos inocentesmeu tio me arronbouContos eroticos princesa estuprada na favela